Treinador critica parte física do elenco azulino: “O que eu vi me deixou preocupado”

Clube do Remo ficou no empate sem gols com o Tapajós na noite da última quinta-feira, pelo Parazão

Por Carlos Augusto Matos

Na estreia do técnico Márcio Fernandes, o Clube do Remo não conseguiu superar o Tapajós, ficando no empate sem gols na noite da última quinta-feira. Apesar do fraco desempenho dentro de campo, o que deixou o técnico preocupado foi a parte física, onde fez as três substituições e mais quatro jogadores pediram para deixar a equipe. 

“É preocupante. O que eu vi me deixou preocupado. Com 17 minutos do segundo tempo, eu fiz três substituições e ainda tinha mais quatro para fazer, sendo todas por questão física. Isso não pode acontecer. Um time grande como o Remo, que deseja chegar longe na competição e luta para ser campeão não pode passar por isso. No final ainda tivemos sorte de não ter tomado o gol. Poderia ter sido pior ainda o resultado aqui. Vamos sentar, vamos conversar e ver o que tem para fazer para melhorar”, disse o treinador.

Márcio Fernandes ainda afirmou que vai conversar com a diretoria com a intenção de ir atrás de reforços para o elenco. 

O Clube do Remo terá uma semana para se preparar para duelo contra o Independente, no sábado, dia 16, no Mangueirão. 

Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

Deixe seu comentário aqui