Hélio dos Anjos critica expulsão de volante: “Prejudicou o time”

Marcos Antônio foi expulso com dez minutos de jogo

Por Carlos Augusto Matos

O Paysandu segue em seu jejum de vitórias. Dessa vez não conseguiu sair do empate com o Atlético-AC, em Rio Branco, em jogo disputado na noite do último sábado. O técnico Hélio dos Anjos não gostou da atuação da equipe e crítica o volante Marcos Antônio (Foto) por expulsão aos dez minutos do primeiro tempo.

“Não havia tanta necessidade dele (Marcos Antônio) agir daquela forma. Sua ação prejudicou o time, pois ficamos ‘capenga’ no setor. Pela circunstância do jogo não se pode perder um jogador com quase dez minutos de jogo. Isso não posso aceitar”, reclamou o treinador.

Com o resultado, o Paysandu segue caindo na tabela. Agora é o sexto colocado com apenas nove pontos. Mesma pontuação do Volta Redonda em quarto e cinco pontos do Luverdense, seu próximo adversário e primeiro na zona de rebaixamento.

Foto: Jorge Luiz/Ascom Paysandu