Dos 11 atacantes contratados pelo Paysandu, apenas um consegue se destacar

Nicolas, que também atua como meia-atacante, já marcou quatro gols

Por Carlos Augusto Matos

A derrota para o Juventude, no último sábado, na Curuzu, acabou rendendo ao Paysandu uma enxurrada de críticas para o seu desempenho dentro de campo, e claro, pelo resultado, já que duelo dentro de casa a obrigação é vencer. Porém, o torcedor vem reclamando do ataque bicolor que não consegue ter um bom aproveitamento.

O certo mesmo que o Paysandu já contratou 11 atacantes e apenas um consegue se destacar. Trata-se do também meia, Nicolas (Foto), que soma cinco gols na temporada. Pimentinha que chegou recentemente, esteve em campo em apenas dois jogos, soma 28 minutos em campo e não marcou gols.

Elielton que chegou no início da temporada já esteve em sete partidas, somando 237 minutos com a camisa Lobo e até o momento nem um gol. João Leonardo é o outro que chegou no início do ano e não teve oportunidade atuar em uma única partida. Não teve seu contrato renovado e deixou a Curuzu.

Jheimy que chegou recentemente, tanto que soma apenas um jogo, também ainda não balançou as redes adversárias, porém, ainda não é possível fazer uma cobrança do atleta. Já Paulo Rangel esteve em campo em 13 duelos e marcou apenas dois gols. Não marca um tento desde fevereiro.

Já Paulo Henrique disputou 11 partidas e marcou dois gols. Vinícius Leite que vem sendo titular em boa parte dos jogos, soma 14 confrontos e apenas dois gols. Caion que já deixou a equipe disputou três partidas e apenas um gol. Por fim, Felipe de Jesus foi aproveitado em apenas um duelo e não marcou gol. Esse também já deixou a equipe.

Foto: Ascom Paysandu