"Se a torcida se fizer presente como tá sendo, ninguém segura o Paysandu", diz presidente

Papão segue 100% de aproveitamento no Parazão

Presidente prometeu e jogo contra o Águia terá ingresso com preço promocional
Foto: Fernando Torres

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

O Paysandu segue se preparando para duelo contra o Castanhal. Após o jogo no domingo pela manhã, o time ganhou folga na segunda-feira e voltou hoje aos trabalhos. Já o presidente Ricardo Gluck Paul, revelou que se a torcida continuar apoiando o time em peso como está sendo, ninguém vai segurar o Papão em 2019. 

"Com o tempo a torcida foi entendendo os propósitos (da nova diretoria), principalmente a honestidade dos propósitos, se a torcida se fizer presente como tá sendo, ninguém segura o Paysandu. Obviamente que vamos ter problemas neste início de temporada. Qualquer clube no Brasil que disputou a Série A e Série B tem esses problemas, porque ter que parar o futebol no mês de dezembro. Então a gente começa uma pré-temporada muito complicada. Estamos em um momento de construção dos conceitos. Não lembro de um início de temporada com tanto torcedor", disse o treinador.

João Brigatti ganha tempo para ajustar sistema defensivo bicolor

Paysandu só entra em campo no dia 10 de fevereiro quando visita o Castanhal, no estádio Maximino Porpino, na Cidade Modelo. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

1 comentários :

Anônimo disse...

Já começou a soberba, "ninguém segura a gente" parece muito com o "Vai ser foda ganhar da gente" do ano passado, resultado 4 peias seguidas do Remo