2009-2019: Como era o futebol paraense há dez anos?

Remo sem série, Paysandu e Águia na Série C e São Raimundo campeão da Série D

Em 2009, o São Raimundo se consagrou o primeiro campeão da Série D
Foto: Divulgação

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

Seguindo a brincadeira 'Ten Years Challenge', que em português se chama 'Desafio dos dez anos', está viralizando onde consiste em postar fotos suas, de como você era há dez anos. Embalados por esse desafio, vamos relembrar como foi o futebol paraense uma década atrás. 

Clube do Remo: 

Não foi um ano memorável ao Leão de Periçá. Para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, teria que fazer uma boa campanha pelo Campeonato Paraense, porém, a campanha não foi nada memorável. No primeiro turno da competição, não conseguiu chegar na decisão e viu o seu maior rival, o Paysandu bater o São Raimundo e se consagrar campeão da Taça Cidade de Belém. 

No segundo turno, o Clube do Remo até chegou na decisão, porém, foi superado pelo São Raimundo e, com isso, viu o time santareno se consagrar campeão e ficar com a vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro. Assim a temporada chegou ao fim para o Leão em abril. 

Paysandu e Águia

O primeiro semestre ao Paysandu foi memorável. Tudo porque conquistou o primeiro turno do Campeonato Paraense e já garantiu sua vaga na grande decisão. Ainda viu seu maior rival sucumbir diante do São Raimundo, que ficou com o segundo turno. No grand finale, deu Papão. No primeiro jogo uma sonora goleada por 6 a 1 e na partida final perdeu por 3 a 2. Assim o Lobo conquistou seu 43ª título estadual. 

Devido ao título, o Paysandu chegou para disputa da Série C do Campeonato Brasileiro como um dos favoritos. No Grupo A ficou atrás do líder Rio Branco-AC, com 12 pontos. No critério de desempate, o time acriano acabou com saldo superior. Nas quartas de final veio a decepção. No primeiro jogo contra o Icasa, empate em 1 a 1 e o segundo uma sonora goleada de 6 a 2 para os cearenses, assim encerrando sua participação na competição. 

Já o Águia, não conseguiu chegar as finais do primeiro turno do Parazão. No segundo, foi eliminado pelo São Raimundo na semifinal, em jogo disputado em Santarém. Na Série o Azulão estava no mesmo grupo que o Paysandu e ficou de fora das finais ficando apenas um ponto atrás do Papão. Naquele ano teve como artilheiro na competição o atacante Bruno Rangel, com sete gols, ficando um gol atrás de Nena e Marciano. Vale lembrar que o atleta faleceu no acidente do voo da Chapecoense em 2016, na Colômbia. 

São Raimundo

O São Raimundo perdeu o primeiro turno do Parazão para o Paysandu e no segundo despachou o Remo, com um empate em Belém e uma vitória em Santarém. Porém, na decisão da competição, sucumbiu diante do Paysandu. Porém, o ano do Pantera não acabaria com tristeza. 

Na Série D, o São Raimundo finalizou o Grupo 2 na liderança com dez pontos, mesma pontuação do Cristal, porém, com saldo superior. Na segunda fase o time paraense passou pelo Genus, Cristal, Alecrim até chegar na decisão contra o Macaé. No jogo de ida, no Rio de Janeiro, perdeu por 3 a 2 e no jogo da volta, em Santarém, venceu por 2 a 1. Por ter marcado dois gols na casa do adversário, ficou com o título da primeira Série D da história. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :