"Quero ser feliz ao lado da torcida", diz Diogo Sodré

Meia veio com uma indicação do ex-jogador azulino Maico Gaúcho

Diogo Sodré afirma que quer ser feliz ao lado da torcida
Foto: Ascom Remo

OFutebolista.net


Na tarde da última quinta-feira, o Clube do Remo apresentou mais dois jogadores contratados para a próxima temporada. Um foi um velho conhecido do torcedor paraense, o lateral/meia Djalma, cria do Paysandu e o meia Diogo Sodré. O atleta revelou que veio por indicação do ex-jogador azulino Maico Gaúcho, hoje diretor do Luverdense. 

"Sou meia-atacante e gosto de jogar mais à frente, mas sei jogar mais recuado. Como disse, vim para o Remo pelo nome que tem no futebol brasileiro. Quero ser feliz ao lado da torcida. Vim por uma questão pessoal, pois sempre tive desejo de jogar aqui. Embalado pelos comentários do Maico Gaúcho (ex-Remo) e diretor da Luverdense, resolvi encarar a parada", revelou. 

"O Remo é um gigante do futebol paraense", diz Djalma

Diogo Henrique Sodré, de 27 anos, natural de São José dos Campos, em São Paulo. O jogador passou pela base do Cruzeiro. Passou também pelo Coritiba, Bragantino e defendeu o Luverdense nos últimos três anos. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :