Ex-jogadores de Remo e Paysandu conquistam a Copa Sul-Americana com o Atlético-PR

Trata-se do meia Marcinho, ex-Remo, e os atacantes Bergson, ex-Paysandu e Rony, cria do Leão

Marcinho (direita) e Bergson (com a taça) comemoram título inédito
Foto: Divulgação/Conmebol

OFutebolista.net

Na noite da última quarta-feira, a Copa Sul-Americana chegou ao seu final e com time brasileiro levantando a taça. Trata-se do Atlético-PR em jogo dramático que terminou no tempo normal empatado em 1 a 1 e só foi decidido nos pênaltis. O último dia 12 foi especial para todos os atletas da equipe, em especial para um trio que já vestiu as camisas dos maiores clubes do Pará. 

Primeiro é o atacante Rony, de 23 anos, e único paraense desse trio. Natural de Magalhães Barata, interior paraense. O atleta é cria das divisões de base do Clube do Remo, onde chegou ao time profissional em 2015. Na temporada, o atacante disputou 23 partidas e marcou quatro gols. 

Outro que deixou sua marca no futebol paraense foi o atacante Bergson, defendendo o Paysandu, em 2017. O atleta de 27 anos marcou 28 gols com a camisa Lobo e virou ídolo da torcida bicolor. Na atual temporada, pelo Furacão disputou 27 partidas e marcou cinco gols. Nas cobranças de pênaltis da decisão de ontem, contra o Junior Barranquilla, Bergson marcou o seu gol. 

Por fim o meia Marcinho, de 23 anos, que defendeu o Clube do Remo em 2016 em 13 partidas e não marcou gols. Pelo Atlético-PR, foram 42 partidas e cinco gols marcados. Conquistando seu primeiro título na carreira e o primeiro internacional. 

Na partida de ontem, o trio começou no banco de reservas. Marcinho entrou no lugar de Nikão, Bergson entrou no lugar de Pablo e Rony entrou no lugar de Marcelo Cirino. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :