Obras no Baenão seguem a todo vapor

Empresa promete devolver praça esportiva em janeiro

Foto: Divulgação

OFutebolista.net

A torcida do Clube do Remo pode realizar o sonho de voltar à sua casa na próxima temporada. Tudo porque as obras no Estádio do Baenão seguem à todo o vapor. Na manhã da última quinta-feira, dia 8, foi realizada a primeira visita técnica nas instalações abaixo da arquibancada da Almirante Barroso. Segundo Ofir Nobre, diretor do estádio, as obras estão bem adiantadas. 

"As obras estão adiantadas, fizemos uma vistoria técnica hoje, a CAJ Engenharia já começou a revitalizar as instalações e a adequação de algumas salas, os responsáveis pelo projeto Retorno do Rei iniciaram o serviço de reforma dos banheiros da Área da 25, e até a próxima semana já teremos uma nova cara", disse. 

O contrato prevê reforma das áreas sob a arquibancada da Almirante Barroso, como ambulatório, banheiros, vestiário dos árbitros, acesso ao campo, antidoping, hall de vestiário, segurança e readequação do local onde será montado uma academia. Segundo o Engenheiro Civil, Leonardo Barroso, a obra segue firme e forte sem falhas e atrasos. 

Magnata desmente informação de que Flávio Araújo será treinador do Remo caso seja eleito

"A obra está indo muito bem. Na primeira etapa foi feita a remoção de revestimentos das paredes que não estavam em boas condições, feito um tratamento,  agora já iniciamos a substituição e construção da nova camada de nivelamento das paredes e dos pisos, foi retirada toda a instalação elétrica e estudando para a instalação do novo projeto elétrico. Já para a próxima semana iniciaremos a construção das novas salas padrão CBF e já estamos em fase de negociação para a compra do material para o acabamento, louças, luminárias, tintas e etc. Estamos garantindo o cronograma, até agora nenhuma falha e nenhum atraso nem por parte da CAJ e nem por parte da diretoria", disse o engenheiro. 

O valor da obra está orçado em R$ 310 mil. O valor foi arrecadado com as vendas das camisas 'Leão de Pedra'.
Compartilhe no Google Plus

Carlos Augusto Matos

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :