Diretoria bicolor inicia planejamento para a próxima temporada

Primeiro passo foi renovar com o técnico João Brigatti

João Brigatti permanece no Paysandu para a próxima temporada
Foto: Ascom Paysandu

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

A Série B do Campeonato Brasileiro chegou ao fim ao Paysandu de maneira melancólica. O time não conseguiu superar o Atlético-GO, levou uma goleada de 5 a 2, em plena Curuzu, e para piorar o time foi rebaixado para a Série C, onde se junta ao seu rival, o Clube do Remo.  E 24h depois do fim trágico, a diretoria juntamente com o futuro novo presidente, Ricardo Gluck Paul, já iniciaram o planejamento para a próxima temporada. 

O primeiro passo foi a confirmação da permanência do técnico João Brigatti para 2019. Segundo Ricardo Gluck Paul, o treinador exerceu um trabalho de qualidade. 

"É um treinador capacitado, que fez uma série de ajustes no time, principalmente no modo de atuação. Mesmo na maioria dos jogos em que não vencemos, como, por exemplo, contra CSA e Fortaleza, o Brigatti soube fazer o time jogar bem, com domínio de posse de bola, chances de gol criadas e melhor posicionamento em campo. Foi nítida a boa evolução que tivemos desde a sua chegada, apesar de não termos conseguido escapar do rebaixamento", disse o futuro presidente. 

"Talvez tenha faltado competência", diz o presidente bicolor, Tony Couceiro

João Brigatti comandou o Paysandu em 13 jogos, sendo quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Tendo um aproveitamento de 43,5%. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :