Paysandu nunca venceu o Londrina no Paraná

Retrospecto curto revela hegemonia do Tubarão

Papão busca primeira vitória no estádio do Café na Série B
Foto: Fernando Torres/Ascom Remo

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

O Paysandu teve mais de uma semana pra se preparar para mais um duelo na Série B do Campeonato Brasileiro. Dessa vez encara o Londrina, no Paraná. O time comandado por Guilherme Alves entra em campo pressionado por vir de duas derrotas seguidas na competição e por voltar a se aproximar da zona de rebaixamento. 

Em retrospecto curto, em três jogos disputados no estádio do Café, o Papão empatou um e perdeu os outros dois. O time paraense marcou apenas um gol e sofreu quatro. Na temporada passada, as equipes se enfrentaram onde o Tubarão venceu por 2 a 0. 

Luan é o 11ª atacante contratado pelo Paysandu na temporada

O duelo será uma espécie de 'jogo de seis pontos', já que o Londrina está a apenas três pontos do Paysandu, sendo o 17ª, enquanto o adversário é o 15ª. Uma vitória diante do Lobo, faz o Tubarão sair da zona de rebaixamento e roubar a posição do Lobo na tabela de classificação. 

Londrina e Paysandu se enfrentam na sexta-feira, dia 17, no estádio do Café, às 19h15, pela 21ª rodada da Série B. 

Tony Couceiro anuncia que não vai se candidatar a reeleição no Paysandu

Após renuncia de Sérgio Serra no dia 6 de julho de 2017, Tony Couceiro, até então vice-presidente, assumiu o cargo maior do Paysandu. O dirigente comanda a equipe até o fim do ano, onde o clube passará novamente por eleições, porém, Tony revelou que não vai tentar a reeleição. 

"Temos muita gente preparada para assumir o cargo e eu não acredito em um clube que tenha um só presidente, então eu, apesar de não ter sido eleito presidente, tá em um mandato tampão, digamos assim, eu vou completar um ano e meio de mandato no final do ano. É um conjunto de fatores. Lógico que a parte profissional também pesa, mas a minha definição principal de não continuar na frente do clube, é porque eu avalio que cada um deve passar apenas dois anos na frente do clube. Então eu dei a minha contribuição, me dou por satisfeito por ter trabalhado em prol do Paysandu".
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :