Presidente do Paysandu revela assédio dos chineses e reforços

Novos jogadores poderão desembarcar em Belém na segunda-feira

Tony Couceiro confirmou que Cassiano viaja contundido para China
Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu

OFutebolista.net

Na manhã desta quinta-feira, o Paysandu confirmou que seu principal jogador na temporada, o atacante Cassiano, autor de 20 gols com a camisa Lobo em 2018, recebeu proposta do futebol chinês e viaja para o país para passar por exames e, se aprovado, acertar com a nova equipe. 

Entretanto, o presidente Tony Couceiro revelou que o objetivo dos chineses era na contratação do atacante Gustavo, do Fortaleza, devido uma fratura no braço, a negociação melou. Assim, o clube chinês passou a sondar o atacante Cassiano há três semanas. 

"Na verdade o Cassiano vem sendo assediado pela China há mais ou menos três semanas. Esse clube da China estava contratando o Gustavo, do Fortaleza, mas por sofrer uma contusão no braço, eles voltaram as atenções ao Cassiano. O Cassiano realmente está contundido, uma contusão no púbis, por conta disso ele não estava jogando. Cassiano não rescindiu com o Paysandu, mas ele vai viajar para China para fazer exames, se ele for aprovado, aí sim. Existe uma cláusula liberatória em seu contrato. Paysandu vai receber os valores que são de direito do clube. Aí sim vai ser rescindido o contrato dele", disse o mandatário bicolor. 

Tony Couceiro revelou que o clube já estava no mercado procurando por mais um centroavante, independente da negociação do Cassiano. Tanto que pode apresentar novidades na segunda-feira. 

"Independente da saída do Cassiano, o Paysandu já estava correndo atrás de um centroavante. A gente acredita que até a segunda-feira, já vamos novos jogadores em Belém para reforçar o time", revelou o presidente. 


Tony Couceiro não quis revelar as demais posições que o clube busca reforços, somente no ataque, no qual busca por mais um centroavante se o Cassiano retornar da China. Caso não volte, a equipe vai ao mercado atrás de dois centroavantes. 

Já sobre o futuro de Dado Cavalcanti no comando técnico do Paysandu, não quis comentar sobre o assunto, apenas afirmou que isso será decidido em uma reunião juntamente com a comissão técnica. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :