Dado Cavalcanti deixa o Paysandu com 52,6% de aproveitamento

Treinador não resistiu a mais uma derrota bicolor

Papão chegou ao sétimo jogo sem vencer na Série B
Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

A derrota para o Vila Nova por 2 a 1, em plena Curuzu, foi o fim da paciência da diretoria com o desempenho da equipe apresentado dentro de campo. Com isso, sobrou para o técnico Dado Cavalcanti, que acabou sendo demitido logo após a partida. 

Dado Cavalcanti deixa o Paysandu após quatro meses no comando da equipe. Foram 31 jogos, sendo 14 vitórias, sete empates e dez derrotas. Um aproveitamento de 52,6%. Ficou com o vice do Campeonato Paraense e conquistou o título da Copa Verde. A demissão do treinador foi comunicada pelo próprio presidente do clube, Tony Couceiro. 


"É o seguinte: a notícia de agora é que o Dado não é mais treinador do Paysandu. A gente acabou de conversar com ele aqui. A partir de amanhã (sexta-feira) o Paysandu começa a procurar um novo técnico e, também a partir de amanhã, e a gente já tinha falado isso ontem, fecha a janela de ida para o exterior e tem muita gente em compasso de espera aguardando ir para o exterior. Segunda-feira abre a janela do exterior para o Brasil, então a próxima semana será intensa de procura para qualificar (o elenco)", disse o mandatário do Lobo. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :