Clube do Remo não vence o Náutico, em Recife, há 18 anos

Ambas as equipes não se enfrentam desde 2006

Remo precisa vencer para sair da zona de rebaixamento
Foto: Ascom Remo

Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s

O Clube do Remo entra em campo na tarde deste sábado, onde encara o Náutico no 'jogo dos desesperados', já que trata-se de um duelo entre o vice-lanterna e o lanterna. O Leão vai entrar em campo pressionado, já que vem de três derrotas seguidas e precisa dos três pontos para se afastar da zona de rebaixamento. 

No retrospecto de duelos, em Recife, o Náutico tem ampla vantagem. Em 15 partidas disputadas, são três vitórias azulinas, quatro empates e oito vitórias do Timbu. Leão marcou 14 gols e sofreu 28. 


As equipes não se enfrentam desde a Série B de 2006, onde o Náutico venceu por 2 a 0. Já o Clube do Remo não vence uma partida em Recife desde a Copa João Havelange de 2000, quando bateu o Timbu por 2 a 0. De lá para cá foram mais cinco jogos com quatro vitórias do alvirrubro e um empate. 


O Clube do Remo encara o Náutico com força máxima. Artur Oliveira montou a equipe no esquema de 4-2-3-1, com apenas Eliandro mais avançado. Durante a semana o treinador testou Gabriel Lima fazendo dupla de ataque com o camisa 9. 


"Precisamos dessa arrancada", diz Eliandro

O Clube do Remo é o 9ª colocado com sete pontos, um ponto a menos que o Globo, primeiro fora da zona de rebaixamento e seis pontos do Santa Cruz, último no G4. 


Náutico e Clube do Remo abrem a 9ª rodada neste sábado, dia 9, na Arena Pernambuco, em Recife, às 16h. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :