Givanildo está com os dias contados no Clube do Remo

Segundo informações de bastidores, a diretoria azulina decidiu que ele não permanecerá

Treinador tem aproveitamento de 59,5% no Leão
Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

OFutebolista.net


A derrota para o ABC, no último sábado por 2 a 1, pela 7ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, foi o limite da paciência da diretoria azulina com o técnico Givanildo Oliveira. Com o time sem demonstrar evolução, no qual continua caindo na tabela, o treinador deverá deixar o cargo nesta segunda-feira ou nesta semana, segundo informações de bastidores. 

O treinador de 69 anos, natural de Recife, no Pernambuco, comandou o Clube do Remo em 14 partidas, onde somou oito vitórias, um empate e cindo derrotas, entre Campeonato Paraense e Série C. O time ao seu comando marcou 15 gols e sofreu 11. Tendo um aproveitamento de 59,5%. 


Givanildo Oliveira não conseguiu repetir o bom desempenho da equipe como no Campeonato Paraense deste ano, onde o Leão se consagrou campeão. Título que não conquistava desde 2015. O treinador afirma que se permanecer, o time carrega condições de subir para Série B. 


Clube do Remo confirma chegada de atacante

"Na minha situação, quando se perde um jogo, já fui mandado embora outras vezes, assim como pedi para sair. Nessa situação temos que esperar. Quero continuar no trabalho. Temos como conseguir a recuperação, (as rodadas) vão diminuindo, mas temos condições, sim, de levar esse time para a Série B", disse o treinador. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :