CSA ofereceu meia ao Clube do Remo

Porém, Boquita tratou de descartar deixar o clube pela visibilidade da Série B

Boquita está no CSA desde a temporada passada, mas esse ano acabou perdendo espaço
Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

O Futebolista

A diretoria do Clube do Remo segue no mercado da bola buscando reforços visando o restante da Série C do Campeonato Brasileiro. O último a chegar foi o lateral-direito Nininho, que ainda aguarda seu nome ser registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para, enfim, estrear com a camisa azulina. 

Para liberar de imediato o atacante Felipe Marques, a diretoria do Londrina prometeu emprestar três jogadores ao Leão, mas até agora ninguém chegou. O CSA, que disputa a Série B do Brasileiro, ofereceu ao Clube do Remo o meia Boquita que diferente de outros anos, é reserva na equipe. A diretoria azulina aceitou de imediato, porém, nem tudo são flores. 

Boquita não aceitou vir para o Clube do Remo. Tudo porque acredita que vai recuperar a titularidade do time e quer se manter tendo a visibilidade de uma Série B. O meia está no clube desde a temporada passada. Em 2018 só esteve em campo em 11 partidas e marcou um gol. 

Em caso de vitória domingo, Remo entra no G4

Boquita teve seu melhor momento na carreira em 2009 quando defendia o Corinthians. Ajudou o time a conquistar um Campeonato Paulista e uma Copa do Brasil. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :