Análise: Remo domina, mas esbarra na falta de qualidade

Remo perdeu sua primeira partida em casa na Série C
Foto: Fábio Will/Ascom Remo

Carlos Augusto Matos

@CarlosMat0s

Na noite do domingo, o Clube do Remo acabou perdendo em casa para o Confiança por 3 a 0, pela 6ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Mangueirão que contou com mais dez mil torcedores, acabou saindo da praça esportiva de cabeça inchada. A vitória diante do Botafogo-PB, na rodada anterior, em João Pessoa, não deu o gás suficiente para a equipe ter um bom desempenho. 

Para este jogo, o técnico Givanildo Oliveira ganhou um desfalque importante. O lateral Esquerdinha machucado deu lugar para Jeferson Recife e assim permaneceu com o mesmo sistema no 4-3-3. No primeiro tempo o Clube do Remo teve até bom desempenho avançando sua marcação. Tanto que em um lance o defensor do Confiança, apertado com a marcação alta, deu passe errado para o goleiro no qual Jayme quase marcou. O arqueiro voltou e fez a defesa. Esta foi uma demonstração de que o time azulino estava afim de vencer e deu animo ao torcedor para cantar nas arquibancadas. 


Mas como nem tudo são rosas, o meio de campo do Clube do Remo produziu pouco. A alternativa foi com os laterais, em cruzamentos na área, que em sua maioria  não surtia efeito nenhum e acabava glorificando o sistema defensivo adversário. Outro que tentou foi o atacante Jayme, chutando de fora da área. 


Na etapa final veio o verdadeiro desastre. A equipe de Givanildo continuava dominando a partida, mas sem produzir muito. Até que depois de uma saída errada da defesa azulina, a bola sobrou para Léo Ceará que, de primeira, chutou no canto direito de Vinícius, sem chances ao arqueiro. 


Sem apoio da segunda linha azulina, o Confiança em um contra-ataque que contou com cinco jogadores contra três azulinos, Everton, sem marcação na entrada da área chutou sem chances para defesa de Vinícius que só olhou a bola morrer no fundo do barbante. 


O Clube do Remo ainda tentou diminuir. O atacante Eliandro enfim estreou, mas não surtiu muito efeito, até porque com o meio de campo dominado, a bola pouco chegou ao centroavante. Para finalizar, em bola cruzada na área do time azulino, Bruno Maia acabou mandando contra seu próprio gol. 


Agora o Clube do Remo foca suas atenções para o ABC, adversário no sábado, dia 26, no estádio Frasqueirão, em Natal, às 20h, pela 7ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :