Além do título, Paysandu finaliza a Copa Verde com 83,3% de aproveitamento

Assim como o Luverdense, em 2017, Papão foi campeão invicto

Paysandu se consagra como o maior campeão da Copa Verde
Foto:  Fernando Torres/Ascom Paysandu

Carlos Augusto Matos
@CarlosMatos

O Paysandu entrou em campo na noite da última quarta-feira podendo empatar e até perder por um gol de diferença que levantava o caneco. E até que passou todo o primeiro tempo e metade do segundo em desvantagem, o que estava deixando a torcida impaciente, mas aos 27 minutos, o meia Pedro Carmona que fazia seu primeiro jogo após um mês longe dos gramados por lesão, marcou para o Lobo e assim conquistou o Bi da Copa Verde. 

O Paysandu disputou oito jogos, com seis vitórias e dois empates. Foi campeão invicto. Teve o melhor ataque com 18 gols, sendo que a metade foi marcado pelo atacante Cassiano, que cravou seu nome na história da Copa Verde sendo o maior artilheiro com nove gols. O Lobo finalizou a competição com aproveitamento de 83,3%. 


Paysandu iniciou a competição contra o Interporto-TO. Empatou sem gols o primeiro jogo e venceu por 4 a 0 em Belém. Na segunda fase foram duas vitórias em cima do Santos-AP. Na semifinal, mais duas vitórias, dessa vez sobre o Manaus. E na decisão, vitória por 2 a 0 em cima do Atlético-ES fora de casa e empate em 1 a 1 no Mangueirão. 

É CAMPEÃO! Paysandu empata com Atlético-ES e conquista a Copa Verde de forma invicta

O título rendeu ao Paysandu a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019, o que rende também mais de 2 milhões de cota aos cofres do clube. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :