Baixo número de torcedores deixa o Remo no prejuízo mais uma vez

Devido ao baixo número de torcedores, Leão teve prejuízo em jogo contra o Cametá e Independente

Jeferson Recife marcou o terceiro gol do Clube do Remo
Foto: Fábio Will/Ascom Remo

Por O Futebolista

O Clube do Remo é conhecido nacionalmente não só por sua história no futebol, mas também por ter uma torcida apaixonada, que está ao lado do clube faça chuva ou faça sol. Porém, após o fracasso na Copa do Brasil, as arquibancadas do Mangueirão ficaram vazias nos últimos dois jogos. A consequência disso foi o prejuízo financeiro ao Leão. 

Contra o Cametá, jogo realizado no último sábado, dia 24, um pouco mais de 4 mil torcedores. Devido a isso, teve prejuízo de R$ 11 mil, já que a renda do jogo foi de R$ 35.675 mil, sendo que teve um pouco mais de R$ 46 mil de despesas. 
Contra o Independente, na noite da última quarta-feira, o prejuízo foi ainda maior. Tendo quase 3 mil torcedores, a renda foi de R$ 21.555 mil, sendo que as despesas foram de R$ 39.446 mil, dando ao Leão um prejuízo de R$ 17.891 mil. 

O próximo jogo do Remo em Belém será o clássico Rei da Amazônia, no dia 11 de março. A expectativa da diretoria é de arquibancadas lotadas no lado azulino no Mangueirão. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :