Rodrigo Andrade recebeu duas propostas e pode deixar o Paysandu

Diretoria confirma o recebimento de propostas do Paraná e Vitória, porém, não confirma acerto

Após duas temporadas no time profissional do Papão, o jovem volante pode deixar a Curuzu
Foto: Fernando Torres/Ascom Paysandu

Por O Futebolista

O Paysandu poderá perder mais um jogador para o restante da temporada. Trata-se do volante Rodrigo Andrade, cria de sua base que pode estar com os dias contados na Curuzu. Há quatro dias o jovem se envolveu em uma polêmica. Foi afastado por apresentar alto percentual de gordura e baixa performance nos treinos. Rodrigo ainda não estrou com a camisa bicolor no Campeonato Paraense. 

Porém, segundo informações repassadas pela assessoria de comunicação do Paysandu, Rodrigo Andrade recebeu propostas do Paraná e do Vitória. Ainda segundo informação, nada foi concretizado e o volante segue como jogador do Paysandu. 

Paysandu carrega invencibilidade de 13 jogos no Parazão

Por outro lado, segundo informações vindas da Bahia, o Vitória fez proposta de R$ 600 mil por 50% direitos econômicos do atleta, com contrato de três anos com salário no primeiro ano de R$ 35 mil, em 2019 aumenta para R$ 45 mil e em 2020 vai para R$ 60 mil. 

José Rodrigo Andrade Ramos, de apenas 20 anos, é cria das divisões de base do Paysandu e chegou ao time profissional em 2016, quando esteve em campo em 23 partidas e marcou dois gols. Na temporada passada defendeu a equipe em 44 jogos e marcou cinco gols. 

Auxiliar técnico do Paysandu assistiu jogo do Novo Hamburgo

O auxiliar técnico do Paysandu, Edson Borges, esteve no Rio Grande do Sul para acompanhar a vitória do Internacional por 3 a 0 em cima do Novo Hamburgo, no Estádio do Vale, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho.

Vale lembrar que o Novo Hamburgo será i adversário do Paysandu na primeira fase da Copa do Brasil, no dia 1ª de fevereiro, no Estádio do Vale, no Rio Grande do Sul. 
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :