Por alto salário, Maico Gaúcho está descartado no Clube do Remo

Outro nome, livre no mercado, ganha força nos bastidores azulinos

Gustavo Mendes agrada a todos na diretoria azulina - Foto: Fernando Priamo

Por O Futebolista

O Clube do Remo segue uma incógnita. Não se sabe o que será do time para a próxima temporada pelo fato de sua diretoria não conseguir se entender. Espera-se a contratação de um Executivo de Futebol para posteriormente montar a comissão técnica e formar o elenco. Mas enquanto a diretoria não resolve a situação de atletas como Tsunami, Léo Rosa e Ilaílson, que defenderam a equipe nesta temporada, o planejamento vai sendo empurrado com a barriga. 

Segundo uma fonte ligada ao Clube do Remo que preferiu não se identificar, o ex-jogador azulino Maico Gaúcho que, hoje é executivo de futebol do Cuiabá, está fora dos planos. Tudo porque foi feita uma sondagem e o dirigente pediu R$ 25 mil de salários para acertar com o Leão. O valor foi considerado alto demais e assim Maico Gaúcho foi descartado. 


Quem ganha força é Gustavo Mendes que está livre no mercado. Já foi Gerente de Futebol do Fluminense entre 2005 e 2006. No ano seguinte foi para o Macaé onde ficou até 2009 no qual voltou para o tricolor carioca. Em 2010 foi contratado pelo Náutico para ser Executivo de Futebol. Ficou apenas uma temporada e foi para o Avaí. Em 2012 acertou com o ABC. Dois anos depois voltou ao Macaé onde ficou mais duas temporadas. Em 2016 estava no Tupi. Por estar livre no mercado, seu nome vem ganhando força e pode ser anunciado pelo Leão. 


Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :