Onde estão os jogadores que conquistaram acesso com o Remo em 2015?

Acesso da Série D para C completou dois anos no último dia 18

Poucos jogadores permaneceram no time após o acesso - Foto: Fábio Will/Remo

Por Carlos Augusto Matos
@CarlosMat0s


Há dois anos o Clube do Remo conquistava um feito que entrou para sua galeria de histórias e triunfos. No dia 18 de outubro o Leão azul venceu o Operário por 3 a 1 e carimbou sua vaga para a semifinal da Série D do Campeonato Brasileiro, consequentemente, acesso à Série C. Porém, você sabe onde estão os jogadores daquele time titular que conquistou o acesso? Confira abaixo. 

No gol, Fernando Henrique, aquele mesmo do Fluminense, após deixar o Clube do Remo ainda passou por Vila Nova e hoje é reserva no Ceará, que está lutando por uma vaga na elite do futebol brasileiro. 

Levy seguiu no Baenão, mas nessa temporada foi emprestado ao ABC, porém, o lateral ainda tem contrato até o fim de 2018 com o Leão. 

Henrique foi outro que permaneceu após a conquista do acesso, mas nessa temporada deixou o time remista e se transferiu para o futebol costa-riquenho, onde defende o Saprissa. 


Ciro Sena que naquela decisão jogou como volante, deixou o Remo e foi defender o Botafogo-SP na temporada passada. No segundo semestre voltou ao Leão. Na atual temporada passou pelo Rio Claro-SP e mais recentemente defendeu o Guarany de Sobral. 

Max foi outro que permaneceu no Clube do Remo, mas ao final da temporada passada resolveu defender o Joinville. 

Mateus Muller deixou o Remo após o acesso e não vem conseguindo se firmar em outros times. Ainda pertencendo ao Palmeiras, deixou o Baenão e defendeu o São Bento por duas vezes, o Náutico na temporada passada e neste ano está no Vila Nova. 

Ilaílson saiu do Remo em 2015 e acertou com o rival Paysandu. Não conseguiu se firmar na Curuzu e ao final da temporada deixou o time. Este ano ainda vestiu a camisa do Boa Esporte e voltou ao Remo. Porém, não deve ter seu contrato renovado. 

Chicão permaneceu no Remo após o acesso, mas ao final da temporada passada não teve seu contrato renovado. Este ano defendeu o Independente de Tucuruí e mais recentemente esteve no Trem, de Macapá. 

Eduardo Ramos teve um caso de idas e vindas. Permaneceu no Remo após o acesso, mas este ano vestiu a camisa do Santo André, posteriormente voltou ao Baenão. Tem contrato com o time azulino até novembro. Segundo burburinho nos bastidores, não deve ter seu contrato renovado. Naquele jogo contra o Operário, marcou o segundo gol. 

Aleílson deixou o Remo após o acesso e rodou por times paraenses. Na temporada passada defendeu o Paragominas, São Francisco e Gavião Kyikatêjê. Na atual temporada defendeu o Aparecidense-GO e agora está no Parauapebas para disputa da Segundinha. O atacante marcou o terceiro e fechou a conta na decisão contra o Operário em 2015.

Welthon foi o autor do primeiro gol azulino na decisão contra o Operário-PR e é o que mais está se destacando após saída do Remo. Ainda permaneceu no Remo após o acesso, mas na temporada passada teve seu contrato rescindido e hoje está no futebol português, no Paços de Ferreira, onde se tornou o destaque do time no velho continente. 

Por fim, o técnico Cacaio também deixou a equipe após o acesso. Na atual temporada comandou o time do Paragominas na disputa do Campeonato Paraense, mas não conseguiu repetir o mesmo sucesso que teve com o Remo em 2015. 

Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :