Manoel Ribeiro pode ser afastado da presidência do Clube do Remo

Conselho fiscal azulino não aprovou as contas do mandatário

Uma nova reunião vai decidir o futuro de Manoel Ribeiro no Clube do Remo - Foto: Agência Pará

Por O Futebolista

Há cada semana explode uma bomba no Clube do Remo, não por má sorte da instituição, mas sim por falta de uma administração de qualidade de quem comanda. Com os insucessos do time nas competições nesta temporada, a torcida pede o afastamento do presidente Manoel Ribeiro que, por sinal, afirmou que só deixa o Leão se for encontrado alguma irregularidade em sua gestão, algo que pode ocorrer logo. 

Tudo porque o Conselho Fiscal do Clube do Remo não aprovou as contas do primeiro quadrimestre da gestão de Manoel Ribeiro. Devido a isso ele pode ser afastado na presidência. Agora está nas mãos dos conselheiros que decidiram em reunião se o mandatário permanecerá ou não no comando da equipe. 


"Não é uma penalidade expressa e direta. Isso configura que existe algo de errado e precisa ser apurado. Então vai ser estabelecido uma comissão onde a penalidade pode ser até de afastamento. E se for de afastamento teremos que convocar uma assembleia geral", disse o presidente do Condel Angelo Carrascosa. 

Em caso de afastamento de Manoel Ribeiro, o vice, Ricardo Ribeiro, mesmo licenciado assumirá a presidência do Clube do Remo. 

Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :