Clube do Remo pode ficar sem seu principal jogador em 2018

Meia Eduardo Ramos que tem contrato até novembro, não deve ficar para a próxima temporada

Entre idas e vindas, a era Eduardo Ramos pode estar com os dias contados - Foto: Fábio Will/Remo

Por O Futebolista

Ainda restando três meses para o fim de 2017, a temporada 2018 já chegou para o Clube do Remo. Tudo porque o principal objetivo do ano não foi conquistado com acesso à Série B. Agora resta a diretoria pensar somente na próxima temporada, negociando as rescisões de contrato com os atletas que não fazem parte dos planos e renovando o contrato de quem interessa. 

Porém, para o ano de 2018 onde o Clube do Remo receberá uma pressão ainda maior por estar dois anos sem conquistar títulos e o acesso, o time caminha para ficar sem seu principal jogador. Trata-se do meia Eduardo Ramos, que tem contrato até novembro e deve ter seu contrato rescindido segundo o conselheiro Milton Campos. 


"Já demos os primeiros passos, conversando com ele (Eduardo Ramos) e seu procurador para encontrarmos uma boa saída para os dois lados. Temos a certeza de que chegaremos a um denominador. E muita gente vem a mim, indagando se ele vai permanecer aqui. Vejo que não é hora de tratar disso, porque estamos tratando de uma rescisão de trabalho. Talvez, lá na frente, se converse se o Eduardo Ramos volta, e quem fica no Remo. Aí é outra situação", explicou. 

Na atual temporada, Eduardo Ramos esteve em campo em 20 partidas. O Leão conquistou oito vitórias, sete empates e cinco derrotas, entre Campeonato Paraense, Copa Verde e Série C. Foram 1.636 minutos e marcou quatro gols.  

Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :