Com aval de Chamusca, Ceará faz proposta por atacante do Paysandu

Trata-se de Leandro Carvalho, que foi afastado do elenco bicolor por ato de indisciplina

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Por O Futebolista

Após a bomba que estourou na Curuzu com a renuncia do presidente Sérgio Serra, após receber ameaças de morte, o Paysandu pode perder mais uma peça do seu departamento de futebol. Trata-se do atacante Leandro Carvalho, cria do clube, mas que tava treinando em separado após ato de indisciplina, recebeu uma proposta do Ceará, que hoje é comandado por Marcelo Chamusca, ex-treinador bicolor e que deu aval para a contratação. 

Leandro Carvalho já recebeu sondagens de vários clubes, entre eles Fortaleza, Atlético-GO e até o rival bicolor, Clube do Remo. O agente do atleta, Fávio Goiano, afirmou que o atacante não quer sair do Paysandu e que essa mudança na presidência dê ao Leandro uma nova oportunidade de vestir a camisa Lobo. 

Sérgio Serra anuncia saída da presidência do Paysandu

Já o novo presidente do Paysandu, Tony Couceiro, revelou que Leandro Carvalho passará por um novo teste sob o comando de Marquinhos Santos, para posteriormente decidir sobre o futuro do atacante. 

Nesta temporada, Leandro Carvalho disputou 24 partidas pelo Paysandu entre Campeonato Paraense, as Copas do Brasil e Verde, e Série B. Foram 1.848 minutos com a camisa Lobo e quatro gols. Não joga desde a derrota por 2 a 0 para o Guarani, realizado no dia 13 de junho. 

Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :