Remo encara o CSA visando a liderança do grupo

Leão busca sua segunda vitória seguida na Série C

Foto: Fábio Will/Remo

Por O Futebolista

Na noite deste sábado, o Clube do Remo terá pela frente mais uma batalha difícil pela 6ª rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O adversário é o líder CSA, que soma nove pontos, dois a mais que os azulinos. Por isso o duelo é tratado como de seis pontos. 

No histórico dos confrontos, Remo e CSA não duelam desde a Copa João Havelange, em 2000, quando o Leão azul venceu por 1 a 0. Já o Azulão não vence em Belém desde o Brasileirão de 1985, pelo placar de 3 a 1. No geral foram apenas três jogos, dois em Belém e um em Maceió, com duas vitórias do CSA e uma do Remo. 

Para o jogo desta noite, o técnico Josué Teixeira não vai poder contar com o atacante Pimentinha, já que não teve seu nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Também não vai poder contar com o zagueiro Henrique e o volante João Paulo ambos lesionados. Este último não poderia entrar em campo também porque recebeu terceiro cartão amarelo. Por outro lado ganha a opção do Bruno Costa, para a defesa e também pode utilizar Leandro Silva, que teve seu nome regularizado junto ao BID e está apto a defender o Leão. 

Já o CSA ganha o retorno do meia Didira. O técnico Ney da Mata deve promover mudanças na onzena titular, que deve entrar apenas com Michel no ataque. Celsinho deixa a lateral-direita e Dick deve assumir, assim o treinador deve escalar o time no sistema de 4-2-3-1. 

Ficha Técnica
Clube do Remo x CSA

Competição: Série C do Campeonato Brasileiro
Rodada: 5ª rodada
Grupo: A
Data: 10/06/2017
Local: Estádio do Mangueirão - Belém
Horário: 19h30
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ)

Remo
Vinicius; Léo Rosa, Bruno Costa (Leandro Silva), Igor João e Gerson; Tsunami, Marcelo Labarthe, Eduardo Ramos e Mikael; Edgar e Nino Guerreiro
Técnico: Josué Teixeira

CSA-AL
Mota; Dick, Thales, Leandro Souza e Raul Diogo;  Dawhan, Boquita, Vanger (Didira), Francisco Alex e Marco Antônio ;
Michel
Técnico: Ney da Matta


Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :