Recife reconhece falta de concentração ao time: "Perdemos para nós mesmos"

Paysandu terá pela frente o Luverdense

Foto: Fernando Torres/Paysandu

Por O Futebolista

O Paysandu terá pela frente na 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o time que está entalado na garganta, o Luverdense. Tudo porque foi campeão da Copa Verde em cima do time paraense em pleno Mangueirão lotado. Precisando da vitória para se distanciar da zona de rebaixamento e voltar a respirar, o volante Augusto Recife reconhece que falta mais concentração ao time nos jogos. 

"Vejo que a gente tem que entrar mais concentrado. Em alguns jogos, nós perdemos para nós mesmos, como no último jogo, pois fizemos um primeiro tempo muito bom. Sexta-feira tem que ser diferente, temos que somar pontos, e somar pontos que eu falo são os três pontos. Queremos ter regularidade, não só fazer bons jogos, temos que vencer, o fator casa tem que ser predominante. Temos dois jogos em casa, queremos os seis pontos", disse o volante. 

Sobre reforços, André Mazzuco afirma: "Nossa prioridade é um meia"

O Paysandu é o 14ª colocado com 12 pontos, mesma pontuação do ABC, porém, tem um saldo superior. Lobo soma em dez jogos, três vitórias, três empates e quatro derrotas. Marcou sete e sofreu a mesma quantidade de gols. 

Paysandu e Luverdense se enfrentam nesta sexta-feira, dia 30, no Estádio da Curuzu, em Belém, às 19h15, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

0 comentários :