Após polêmica com Eduardo Ramos, Magnata critica: "Mito no Remo é somente a torcida"

Meia não foi relacionado para duelo contra o Independente e polemizou nas redes sociais

Foto: Fábio Will/Remo

Por O Futebolista

Às vésperas de um jogo importante para as suas pretensões no Campeonato Paraense e neste primeiro semestre de ano, o clima voltou a esquentar pelo Baenão. Tudo ocorreu devido o meia Eduardo Ramos não ser relacionado para o jogo contra o Independente por não ter tido recuperação plena de uma lesão, entretanto, foi às redes sociais afirmar que não joga por opção da comissão técnica e que jogaria até com uma perna. A declaração não pegou bem para o técnico Josué Teixeira e muito menos para a diretoria azulina. Tanto o treinador quanto o diretor de futebol criticaram atitude do jogador. 

"O único mito que existe no clube é a torcida. Se não fosse ela este clube não existiria mais. Então jogador nenhum, jamais, se sobrepôs a instituição Clube do Remo. Tem que existir respeito e compromisso, e infelizmente o atleta Eduardo Ramos não está tendo compromisso com a instituição Clube do Remo, com os colegas dele de trabalho, com a diretoria e, principalmente, com a torcida que paga o salário, que honra, que deixa de comprar uma lata de leite para ir ao estádio ver o jogo. O Clube do Remo não aceita este tipo de conduta de atleta nenhum. Ele foi importante, é importante, ajudou em conquistas, mas mito no Remo é somente a torcida. É lamentável, como disseo  Josué. A diretoria não aceita a conduta do Eduardo Ramos. Com certeza previdências serão tomadas", disse o diretor de futebol. 

O técnico Josué Teixeira também não conteve as palavras e também criticou o camisa 10 do Clube do Remo: "O atleta que tá com lesão muscular grau 2 não pode, não pode, passar uma semana fazendo só um tratamento e faltando aos outros. Não pode um atleta que está em recuperação muscular, em tratamento, ir para a noite em Salinas e comemorar no pagode, subir no palco para cantar. Não Pode. Não pode um atleta que tá em recuperação muscular, em tratamento, postar foto com copo de cerveja saindo da noite. Não pode um atleta que tá em recuperação ser tirado foto com quatro latas de cerveja e afirmar que realmente estava bebendo.  Esse atleta não vai nunca recuperar no prazo estimado pelo departamento médico", disse o treinador. 

Na manhã deste sábado o meia não compareceu para tratamento da lesão, e quando aparece, segundo Magnata, Eduardo Ramos fica por pouco tempo e vai embora.

O jogo da volta contra o Independente, será no domingo, dia 23, no Estádio do Mangueirão, às 16h. O vencedor encara Paysandu ou São Raimundo na decisão.
Compartilhe no Google Plus

O Futebolista

    Comente
    Comente no Facebook

1 comentários :

Eduardo Marinho disse...

É as coisas parecem que estão mudando no baenão... Tomará que pelo menos o técnico mantenha a atitude profissional.